Pesquisadores do Max Planck Institute for Biological Cybernetics, em Tübingen, Alemanha, transformaram um braço robô industrial em um Simulador de F1.


Fontes: Dump; Youtube, usuário: spectrummag