Esse é o Exoesqueleto XOS 2 da Raytheon. O traje robótico aumenta a força do operador usando um sistema de alta pressão hidráulica, sensores, atuadores e controladores que permitem suportar objetos pesados e ao mesmo tempo deixando o seu portador ágil o suficiente para chutar uma bola de futebol. Em comparação com o primeiro exoesqueleto da empresa, o XOS 1, lançado em 2008, esse é mais leve, mais forte, mais resistente ao meio ambiente e usa metade da energia. Deve estar disponível em 2015 e será usado para ajudar soldados no transporte de cargas mais pesadas, em combate ou em operações logísticas.


Fonte de imagem e vídeo: Raytheon